—  Pregações bíblicas de teor Reformado, expondo as doutrinas da fé versículo por versículo  —

Clique com o botão esquerdo do mouse em MP3-button-clique-aqui-1 para ouvir.
Ou com o botão direito para baixar (e selecione "salvar link como" ou "salvar destino como").

01.09.2013 – Culto de Ensino, AM         Ábner Araújo

Esta é a doutrina Bíblica da separação. Separação primária e secundária. O dever da separação de grupos não evangélicos que negam as doutrinas da Fé (separação primária), e de evangélicos que endossam doutrinas e líderes que promovem o erro e conduta mundana (separação secundária). Vemos aqui: a base bíblica para a separação primária e secundária; como separar-se; usando discernimento; respondendo os argumentos contra a separação; três circunstâncias onde um crente deve romper sua lealdade mesmo a uma igreja doutrinariamente sã, mas que é desobediente. A doutrina da separação é um dos aspectos mais positivos e protetores da obediência cristã, e essa mensagem é a respeito do amor e fidelidade às doutrinas da fé reveladas na Bíblia.

MP3-button-clique-aqui-1
ou

25.08.2013 – Culto de Ensino, AM         Ábner Araújo

Os anjos caídos, ou satanás e seus demônios. O que ensina a Bíblia sobre esses seres angelicais: sua natureza e caráter, poder e operação. Nomes e designações bíblicas que representam satanás e sua obra contra não convertidos e salvos. Seu poder e seu limite. São as possessões demoníacas dos dias de hoje (reivindicadas por líderes neopentecostais), como as dos tempos do Novo Testamento? Tem o crente poder e autoridade para exorcizar um demônio? É permitido a um crente interagir e conversar com um demônio que possuiu uma pessoa (como perguntar seu nome, etc.)? Como ajudar uma pessoa demonizada. A origem do mal; e a vitória de Cristo e sua igreja sobre o maligno.

 MP3-button-clique-aqui-1
ou


18.08.2013 – Culto de Ensino, AM         Ábner Araújo

Essa é uma doutrina de grande importância e de grande conforto, a doutrina dos anjos. Quem são eles, seu papel e ofício; seu numero e seu poder; seus nomes, suas ordens e ranques. Possui cada crente um anjo da guarda? O que eles não podem fazer. Qual deve ser a postura do crente diante dessa doutrina. Separando o verdadeiro do falso na doutrina dos anjos. Os anjos eleitos e seu oficio no Reino de Deus.

MP3-button-clique-aqui-1
ou


11.08.2013 – Culto de Ensino, AM         Ábner Araújo

Muito se aprende sobre a fé ao considerarmos aquelas Escrituras onde a fé é unida a uma virtude ou atitude. O apóstolo Paulo, com certa frequência unia várias palavras com a fé para demonstrar a extensão e a função da fé na vida cristã. A fé é como o motor de um automóvel, que não teria qualquer utilidade a menos que outras partes do carro fossem ativadas (como as rodas, e a caixa de cambio, etc.). De modo similar, a fé somente pode florescer, funcionar e aumentar quando é acompanhada de certos deveres, virtudes e ações. Veremos nessa mensagem pelo menos quatro dessas virtudes bíblicas essenciais.

MP3-button-clique-aqui-1
ou


04.08.2013 – Culto de Ensino, AM         Ábner Araújo

Possui Deus uma vontade e um propósito específico para a vida de cada um de Seus filhos e filhas? A Bíblia ensina que sim! Cremos, como a igreja do Senhor tem crido ao longo dos séculos, que como parte do Senhorio de Cristo sobre nossas vidas Ele possui uma vontade e propósito para cada um de nós nas principais “avenidas” e “entroncamentos” da vida, nas questões de grande importância que afetam nossa jornada da vida, como: casar ou não casar, com quem casar, qual profissão e carreira seguir, onde morar, que igreja local congregar e me dedicar, e tantas outras questões. Para cada uma delas o Senhor tem uma vontade específica para cada crente. É nosso dever e responsabilidade buscar sua direção e condução em todas essas áreas. Mas como Deus conduz? E quais os passos bíblicos a serem seguidos para conhecer a vontade de Deus em cada uma dessas áreas? O que está envolvido? Encontramos a resposta aqui no Salmo 25, na busca de Davi por direção divina.

MP3-button-clique-aqui-1
ou


21.07.2013 – Culto de Ensino, AM         Ábner Araújo

Qual deve ser a postura de um crente oprimido? Em tempos de perplexidade, dúvidas e insegurança, quando as nuvens escuras do medo, da amargura ou desanimo pairam sobre nossas cabeças, e somos tentados a duvidar do amor de Deus por nós? Quando somos tentados a questionar se Ele realmente cuida e intervém em nossa situação. Quando vemos o mal persistir, o ímpio prosperar, e a iniquidade abundar em toda parte, qual deve ser a postura de um crente? O livro do Habacuque foi preservado pelo Espírito de Deus na Bíblia para, entre outras coisas, ensinar a postura correta de um crente verdadeiro em meio a essas situações. Habacuque presenciou e experimentou situações de grandiosa perplexidade; e em sua meditação a cerca dessas coisas ele tomou três resoluções (que cada um de nós deve tomar em situações como essas): Ele voltou seus pensamentos para a pessoa de Deus; seus ouvidos para a Palavra de Deus, e seus lábios em oração para o Trono da Graça de Deus, e assim pode declarar ao final de seu livro “toda via eu me alegrarei no Senhor; exultarei no Deus da minha salvação”.

(mensagem não disponível devido a falhas técnicas na gravação.)

14.07.2013 – Culto de Ensino, AM         Ábner Araújo

A busca pela maturidade cristã e crescimento em santidade não pode ser artificialmente reduzida a um elemento, a saber “satisfação em Deus”, como ensina um influente pregador Estadunidense. Nessa segunda carta do apóstolo Pedro, uma das mais práticas em todo o Novo Testamento, o Espírito de Deus registra através do apóstolo, uma lista de sete virtudes ou diretrizes para a maturidade na vida cristã e certeza de fé. Essas são coisas de tremenda importância para um verdadeiro crente.

MP3-button-clique-aqui-1
ou


07.07.2013 – Culto de Ensino, AM         Ábner Araújo

Adoração não é apenas louvor cantado: mas envolve a oração dirigida a Deus, a leitura pública das Escrituras, e a pregação da Palavra. Deve haver afirmação dos atributos de Deus, confissão de pecados, re-dedicação de vida, intercessão, e tudo isso em um balanço harmonioso, preestabelecido e ordeiro. Exemplo de um culto de adoração na Bíblia; e quatro palavras de grande importância que estabelecem o conteúdo e formato da adoração do povo de Deus, que é “em espírito e em verdade”. Os resultados da verdadeira adoração na vida de um crente, e os perigos da falsa adoração.

MP3-button-clique-aqui-1
ou


30.06.2013 – Culto de Ensino, AM         Ábner Araújo

O que é adoração? Esta é uma questão de grande importância em nossos dias, dias de evidente confusão no meio cristão. Será que a adoração é meramente uma questão de gosto e de diferenças culturais? Quem estabelece o certo e o errado na adoração? Cremos, como a grandiosa maioria das igrejas do Senhor nos séculos passados, que Deus também é soberano na adoração. Isto é, é Ele e não nós quem estabelece o que é aceitável em Sua própria adoração. O Senhor Jesus definiu a identidade da adoração, é de Suas Palavras que aprendemos a verdadeira adoração que agrada a Deus. Consideramos aqui: os dois tipos de adoração: “adoração de toda a vida”, e adoração “em espírito e em verdade”; o que significa adorar em “espírito” e adorar “em verdade”; o que há de errado na adoração cristã contemporânea e porque ela não é bíblica; a postura do crente.

MP3-button-clique-aqui-1
ou


23.06.2013 – Culto de Ensino, AM         Ábner Araújo

A certeza de nossa eleição e salvação é um dos frutos da conversão. No entanto, esta certeza completa não é algo que está unido e atado à fé salvífica, de modo que deva ser tomada como uma experiência automática e imediata à salvação. Um verdadeiro crente regenerado pode às vezes esperar muito tempo, e lutar contra muitas dúvidas antes de alcançar esta certeza plena. Porem, conforme ele é capacitado pelo Espírito de Deus a conhecer na Palavra as coisas que lhe foram dadas gratuitamente por Deus na salvação, e as coisas que Ele fez e está fazendo em sua vida pelo Seu Espírito, esse crente, alcançará essa segurança mais plena.
Vemos aqui: as Escrituras que estabelecem a doutrina da certeza e segurança de salvação; a diferença entre verdadeira segurança e mera presunção; as bases sobre as quais descansam a verdadeira segurança e certeza; impedimentos ou coisas que militam contra a certeza e segurança de salvação; alcançando e mantendo a certeza e segurança de salvação.

MP3-button-clique-aqui-1
ou





RSS

Missão São Paulo
Rua: Bom Pastor, N° 2167 - Cep: 04203-052 - São Paulo-SP - Bairro: Ipiranga

(10 minutos a pé da Estação de Metrô Sacomã (Linha Verde 2) e Terminal Sacomã)

Telefone: (011) 96076-2001 - E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.


Copyright © 2015. Missão São Paulo - Todos os Direitos Reservados.